Sinceramente, pessoal, eu prefiro a forma da USP em se tratando de transferência externa. Porque a USP, ao contrário de outras universidades públicas por aí (prefiro não citar o nome), faz uma análise dos candidatos através de avaliações! Ela AVALIA, novamente, o candidato que irá ocupar aquela vaga, tanto em conhecimentos gerais, quanto que em conhecimentos específicos para o curso. Pelo menos é alguma coisa mais JUSTA, o que impede de acontecer que um indivíduo faça 1 ano em uma universidade particular (com o devido respeito, ok?), e depois entre no processo de transferência apenas com documentação tudo lindo, flores, sem um vestibular difícil e concorrido. Assim é fácil demais, né não?
Brasil, um país de todos. Que maravilha.
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailby feather